20 de junho de 2018

ITARANTIM: ACONTECEU ONTEM NA CÂMARA DE VEREADORES

JUSTIÇA PARADA, É INJUSTIÇA!!! COM ESTE LEMA, ADVOGADOS DA COMARCA FAZEM MANIFESTO.

Do blog Crônicas de Itarantim
Advogados da Comarca de Itarantim fizeram ontem (19) uma manifestação pública na Câmara Municipal de Vereadores pela falta de um juiz titular na cidade. 
O manifesto é intitulado de JUSTIÇA PARADA, É INJUSTIÇA!!! E tem como objetivo informar a comunidade sobre as dificuldades encontradas pela classe na função e nos processos da justiça.

Os advogados reivindicam um juiz titular na nossa Comarca, ainda segundo informação, atualmente a Comarca de Itarantim possui mais de dois mil processos conclusos sem nenhum andamento e sem nenhuma previsão. 

Na seção de ontem, o presidente da Subseção da OAB Itapetinga, que abrange as cidades de Itambé, Itarantim, Macarani, Maiquinique e Potiraguá, o Dr. Fabricio Moreira Santos, esteve presente e usou a tribuna da Câmara para explicar a comunidade o porque do manifesto e seu e seus objetivos. 

Ele deixou claro que, além dos advogados sofrerem com a ausência de um juiz, toda a comunidade sofre com este problema, ele ainda pediu que a comunidade juntamente com as organizações da sociedade civil, poderes legislativos e executivos através de suas representações pressionasse as instâncias maiores através das mídias sociais e todos os meios onde os anseios da população pudessem chegar. 

Ele ainda ressaltou o fechamento de comarcas em algumas regiões da Bahia, alegando que a medida do TJ-BA é inconstitucional, o que prevê o artigo 121 da constituição do Estado da Bahia, que, determina que cada município deva corresponder a uma comarca.   

No final da seção, eu conversei com Dr. Fabricio e ele fez um resumo para a população sobre esse manifesto, acompanhem a entrevista...
 






 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A V I S O
Devido ao momento político, a partir de hoje só serão liberados na opção Comentar como: ANÔNIMO, os comentários elogiosos, construtivos ou que falem bem das propostas ou das qualidades de candidatos a cargos eletivos nesta eleição. Os comentários de teor crítico, acusadores ou agressivos aos candidatos, autoridades ou a qualquer outra pessoa, só serão liberados se o autor se identificar na opção Comentar como: NOME/URL, no quadro de comentários. IDENTIFICAR VIA ITEM NOME/URL.