10 de maio de 2018

VEJA O VÍDEO E RELEMBRE O CASO: MORRE EM ITAPETINGA MULHER QUE ESPANCOU MARIDO E VIRALIZOU NAS MÍDIAS SOCIAIS

Faleceu na madrugada desta quinta-feira (10) no Hospital Cristo Redentor, em Itapetinga, Leidiane Ramos dos Santos de 30 anos, que ficou conhecida após, dar uma surra no marido no Bar de Peixe, no bairro Colônia em Itororó no último mês de março e o vídeo ter viralizado na internet com mais de 500 mil visualizações.

RELEMBRE O CASO
Adicionar legenda
O vídeo de um casal brigando no Bar de Peixe no Bairro Colônia em Itororó teve centenas de milhares de visualizações na internet desde que foi postado nas redes sociais no dia, 12 de março.



No vídeo é possível ver uma senhora batendo com um cabo de vassoura no esposo que estava sentado 
no bar, cobrando dele várias coisas, inclusive uma ida a um bingo que estava acontecendo no distrito de São José do Colônia, distante de Itororó 5km.

Todo o tempo o homem tenta se defender, mas, é sempre surpreendido pela esposa que continua a estapeá-lo. Pessoas que estavam no bar tenta defender o homem em vão.

Segundo os familiares, Leidiane apresentou fortes dores abdominais nos últimos 15 dias, foi levada ao hospital de Itororó e em seguida ao hospital Cristo Redentor de Itapetinga onde foi medicada e retornou para casa. Nesta quinta-feira voltou a sentir dores e foi encaminhada novamente ao hospital e maternidade de Itororó onde acabou vindo a óbito.

A mulher havia realizado alguns exames, mas, nenhuma alteração foi encontrada nos resultados segundo o esposo e uma das filhas de Leidiane.

O corpo de Leidiane será velado na Pax São José e o velório será nesta quinta-feira às 17h no Cemitério local de Itororó.

Informações do Blog Itororó Já

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A V I S O
Devido ao momento político, a partir de hoje só serão liberados na opção Comentar como: ANÔNIMO, os comentários elogiosos, construtivos ou que falem bem das propostas ou das qualidades de candidatos a cargos eletivos nesta eleição. Os comentários de teor crítico, acusadores ou agressivos aos candidatos, autoridades ou a qualquer outra pessoa, só serão liberados se o autor se identificar na opção Comentar como: NOME/URL, no quadro de comentários. IDENTIFICAR VIA ITEM NOME/URL.