27 de abril de 2015

QUEM AVISA, AMIGO É!

BAHIAEncruzilhada: Ex-prefeita é condenada a pagar R$ 800 mil

Foto: Reprodução/ Blog do Anderson
Além da ex-prefeita Ivani Andrade Fernandes (foto), a Justiça também condenou o médico André de Souza Pires
A pedido do Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista/BA, a Justiça Federal condenou a ex-prefeita de Encruzilhada/BA Ivani Andrade Fernandes, o médico André de Souza Pires e a empresa representada por ele, MPL – Serviços Médicos, por improbidade administrativa durante o período de janeiro a maio de 2009. De acordo com a ação civil pública ajuizada pelo MPF, a ex-prefeita contratou a MPL com diversas ilegalidades no processo de dispensa de licitação. Entre elas estão cotação de preços simulada; apresentação de documentos de regularidade fiscal e jurídica da empresa sem validade e emitidos após a data de assinatura do contrato; e prorrogação da contratação sem especificar a motivação, informando apenas que se tratava de força maior. Além disso, a ex-gestora municipal realizou pagamentos a MPL sem a devida comprovação e fiscalização dos serviços prestados. Já no que se refere ao médico e sócio administrador da MPL, Pires foi beneficiado, em 2 de janeiro de 2009, com o cargo em comissão de diretor do Hospital Municipal de Encruzilhada. A Lei 8.666/93, em seu art. 9º, dispõe sobre a impossibilidade de servidores ou dirigentes de órgão participarem de licitações ou execução de serviços. Dessa forma, o médico, representante da MPL, não poderia executar os serviços. Além disso, Pires, na condição de sócio e representante da empresa de serviços médicos, apresentou documentos sem validade do processo de dispensa de licitação e, mesmo assim, houve a contratação no valor aproximado de R$ 838 mil. Em depoimentos, os médicos que trabalharam para a empresa, no período em questão, queixaram-se da inobservância das obrigações trabalhistas, fiscais e previdenciárias, como o atraso nos pagamentos de salários, falta de recolhimento das contribuições e o não fornecimento de comprovantes de rendimentos. A MPL, por sua vez, foi beneficiada tanto no processo de dispensa de licitação quanto no curso do contrato de prestação de serviços, praticando também atos de improbidade administrativa. Os acusados foram condenados por improbidade administrativa. Ivani, Pires e a empresa MPL devem ressarcir o dano causado no valor aproximado de R$ 838 mil, acrescido de correção monetária, juros e dano presumido. Eles devem, ainda, pagar individualmente multa no valor de R$ 100 mil e estão proibidos de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de cinco anos. Os dois foram condenados também à perda de função pública, se estiverem em alguma, e à suspensão dos direitos políticos por dez anos. Os réus André de Souza Pires e a empresa MPL recorreram da decisão. Com relação à ré Ivani Andrade Fernandes, houve o trânsito em julgado, ou seja, não é mais possível recorrer.

26 de abril de 2015

ACONTECEU:

Realizada pelas Igrejas, Católica e Batista Filadélfia, A Semana da Cidadania envolveu autoridades, comunidade e serviços nos 2 dias de atividades sociais. 

Estamos elaborando uma matéria completa, analisada e comentada pelos articuladores, colaboradores e participantes.





































DEU BODE! CONQUISTA DERROTA O BAHIA POR 3 A 0 E ESTÁ COM A MÃO NA TAÇA


bode
O Bahia foi surpreendido pelo Vitória da Conquista na tarde deste domingo (26) na primeira partida da final do Campeonato Baiano e acabou goleado por 3 a 0. O Bode não se intimidou com o Esquadrão e colocou as duas mãos nas taças com os gols marcados por Fausto, Diego Aragão e André Beleza. Agora, o Bahia precisa vencer o Conquista por três gols de diferença no jogo de volta na Arena Fonte Nova, no próximo domingo (3).
BODE 1
O Bode abriu o placar  com Fausto no primeiro minuto do segundo tempo. Ele subiu sozinho para cabecear, sem chances para Jean, após cobrança de falta. O segundo foi marcado por Diego Aragão, aos 22 minutos, quando na falha de Thales ele soltou um foguete de fora da área balançando as redes de Jean.
O Conquista fechou a conta com André Beleza, que recebeu dentro da área e ajeitou, metendo bola dentro das redes. Fim de papo, 3 a 0 Vitória da Conquista.

Marta Suplicy deixa o PT: "traiu os brasileiros"

News  | Fotos: Reprodução

Marta Suplicy foi deputada, prefeita de São Paulo, ministra do Turismo, da Cultura e atualmente cumpre mandato de senadora. Sempre pelo PT, partido em que milita desde o início da década de 80. Trinta e cinco anos, de muitas vitórias e algumas derrotas, um mensalão e um petrolão depois, que descreve como uma "avalanche de corrupção", ela decidiu deixar a legenda a que dedicou metade de sua vida. 
 
 
 
Em entrevista concedida à revista Veja, Marta, que tem convite de quase todos os partidos políticos do Brasil, mas se inclina mais para o PSB de Eduardo Campos, o candidato morto em um desastre de avião na campanha presidencial do ano passado, falou à Veja de seus motivos para romper com o PT e de seu "projeto de nação". "Tenho muito orgulho de ter ajudado a fundar o PT. Acreditei, me envolvi, trabalhei décadas, com dedicação total. Saio do PT porque, simplesmente, não é o partido que ajudei a criar. O PT se distanciou dos seus princípios éticos, das suas bases e de seus ideais. Dessa forma traiu milhões de eleitores e simpatizantes. Eu sou mais uma entre as pessoas que se decepcionaram com o PT e não enxergam a possibilidade de o partido retomar sua essência. Respondendo a sua pergunta, estou segura de que meus princípios nunca mudaram, são os mesmos da fundação do PT, os mesmos com os quais criei os meus três filhos. Agora tenho um desafio, o desafio do novo. Quero ter um projeto para o meu país. Um projeto em que acredite. É isso que eu vou buscar".
 
Já sobre o pesou na decisão de deixar o partido, a senadora afirmou que "a decepção foi tremenda. Não foi fácil ver os integrantes da cúpula do partido na prisão. Discordo da maneira pública pela qual eles foram julgados e sentenciados. O processo judicial pode ter sido perfeito, mas a humilhação pública que eles sofreram não se justifica. Por essa razão eu não me manifestei durante o julgamento do mensalão. Mas senti que havia um profundo distanciamento do que nós, petistas, queríamos para o Brasil. Reconheço o muito que já se fez em termos de diminuição da pobreza e do aumento da mobilidade social. Mas eu percebo também que a cúpula se fechou e, cercada por interesses corporativistas de certos movimentos sociais e sindicalistas, trabalha apenas para se manter no poder. O PT não tem mais projeto para o Brasil. Se não recuperar seus princípios éticos, da fundação, não voltar às suas bases, se ficar só no corporativismo, o PT vai virar uma pequena agremiação. Teria chance se fosse no caminho oposto, mantendo sua base social, mas incorporando uma classe média que ele mesmo ajudou a criar. Mas, se você perguntar se o PT fará o que é preciso para se salvar, minha é resposta é não".
 
Com informações da Revista Veja

25 de abril de 2015

ITAPETINGA: NETO DE MICHEL HAGGE, RODRIGO HAGGE PODE SER CANDIDATO A PREFEITO

 
mich
Geddel e Lucio Vieira Lima com Michel e Rodrigo Hagge

Nesta sexta-feira o ex-prefeito de Itapetinga, Michel Hagge (PMDB), se reuniu na capital do estado com o presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, e com o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB).
A pauta da reunião foi a política de Itapetinga, na qual o partido tem grande relevância, mas está fora do poder desde 2008. Quem participou da reunião foi o jovem Rodrigo Hagge, o mesmo é neto do ex-prefeito e filho da ex-deputada Virginia Hagge (PMDB).
O nome de Rodrigo Hagge está sendo ventilado como um pré-candidato a prefeito pelo partido, mas existe a possibilidade de uma composição com o grupo do ex-prefeito José Otávio (DEM).

Empreiteiro arrasta Lula para o meio do escândalo, diz Veja

Por Eliezer Santos/BOCÃO NEWS Fotos: Reprodução

A revista Veja, da editora Abril, ferrenha opositora do PT e do governo Dilma Rousseff (PT), antecipou em sua página do Facebook a capa da sua próxima edição, que chega às bancas dia 29. O periódico promete revelar "os novos tentáculos da Operação Lava Jato" em que, pela primeira vez, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é citado diretamente no esquema que desviou bilhões da Petrobras.  
Segundo a publicação, que estampa o título: "Empreiteira arrasta Lula para o meio do escândalo", a denúncia partiu do presidente da OAS, Léo Pinheiro, preso pela Polícia Federal e que promete levar à Justiça informações relevantes que ligam o líder petista ao mais recente esquema de corrupção chefiado pelo Partido dos Trabalhadores.


Aleluia sobre capa da Veja: 'prisão de Lula é questão de tempo'

Por Aparecido Silva | Fotos: Gilberto Júnior/Bocão News
O deputado federal baiano José Carlos Aleluia (DEM) afirma que a reportagem da revista Veja desse final de semana que aborda a possibilidade da delação premiada de Leo Pinheiro, presidente da OAS, atingir o ex-presidente Lula, prova que a prisão do petista é questão de tempo. O periódico promete revelar, na edição que deve ir às bancas no dia 29, "os novos tentáculos da Operação Lava Jato" em que, pela primeira vez, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é citado diretamente no esquema que desviou bilhões da Petrobras.  
 
O parlamentar democrata aproveitou o ensejo para dizer que Lula extorquiu empreiteiros envolvidos no caso de corrupção na estatal. "A extorsão de Lula aos empreiteiros investigados no Petrolão envolveu até mesmo a ampliação do sítio do ex-presidente. O espaço é suficiente para construir cinquenta celas iguais à que Lula deve morar se a Lava Jato continuar seguindo a trilha do grande chefe. Enquanto na Petrobras licitações eram feitas para que obras se arrastassem, na reforma do sítio de Lula esquema era em três turnos", acusou.
 
"A Veja prova que, se alguns desses presos abrir o bico, a prisão de Lula é uma questão de tempo e ele sabe disso. Já está se preparando. Não é à toa que Lula já está divulgando vídeo mostrando sua preparação para correr. Como é covarde, vai fugir igual ao compadre Pizzolato", ironizou o deputado.


Everaldo Anunciação acusa Veja de tentar atacar planos de Lula para 2018

Por Victor Pinto
O presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, partiu para o ataque contra a revista Veja. Na edição desta quarta-feira, o periódico promete revelar "os novos tentáculos da Operação Lava Jato" em que, pela primeira vez, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é citado diretamente no esquema que desviou bilhões da Petrobras. 

"A Veja é uma ferramenta de comunicação que deveria fazer um jornalismo sério investigativo e não faz. Ela é financiada pela oposição para desconstruir o PT", disse.
O petista ainda reiterou que a investida agora contra o ex-presidente Lula é para tentar macular a imagem do político que pode sair candidato. "Existe uma orquestração contra Lula, pois eles viram que não tem como emplacar o impeachment da presidente Dilma e quem atingir o ex-presidente que tem fortes chances de sair candidato e vencer em 2018", afirmou. "A Veja cria conceitos e informações falsas que estão em segredo de justiça", completou.

24 de abril de 2015

ANÁLISE DE CORRELAÇÃO:



Caros Leitores, numa semana a qual o teto de uma escola veio a baixo no distrito de Ribeirão do Salto e se realiza a Semana da Cidadania pela pastoral social, lembro da existência um discurso na prática científica que diz: "nem tudo é verdadeiro; mas em todo lugar e a todo momento existe uma verdade a ser dita e a ser vista, uma verdade talvez adormecida, mas que, no entanto, está somente à espera de nosso olhar para aparecer, à espera de nossa mão para ser desvelada. A nós cabe achar a boa perspectiva, o ângulo correto, os instrumentos necessários, pois de qualquer maneira ela está presente aqui e em todo lugar". 

***
 Estaríamos aqui, no estado de ser, tentando desvendar a “tecnologia” desta verdade? Talvez instantes propícios e lugares privilegiados onde os mais influentes na assembleia dos loucos, que saciam a fome dos lobos e matam de sede e raiva os tolos nos jogos vorazes de poder, possam realizá-la. Muitas vezes, a verdade não é aquilo que é, mas aquilo que se acredita. O poder é parente da mística, uma soberana de linhas estratégicas, um conjunto de regras, estratégias, procedimentos, cálculos e articulações que permitem obter ritualmente a produção do acontecimento “verdade”.

No tempo agora, o mais certo é a profunda incerteza naquilo que vemos, sentimos e, às vezes falamos. Nessas redes sinóticas, mensagens são disparadas em frações de segundos dando conta de amizades consideráveis, derrotas inadmissíveis e reconsiderações de possíveis descuidos que talvez possa ter havido. Mas, pobre daqueles no estado de ser, não ser fraterno de prestígios, próximo da primeira câmara e amigo fraterno de um senador; pobre daquele que não transita no arcabouço translúcido dos palácios longe da imaginação popular; pobre daquele que não ter a fluência da megamáquina política que pode alterar o conceito de verdade. 

Assim caros leitores, eis-nos aqui, estúpidos epistêmicos tentando o possível aproximar-se da verdade e do saber. Por fim, somos loucos, lobos ou tolos? Como será que pensa o governo do prefeito Paulo Fernandes no que parece-nos um dramalhão de enredo confuso e mal elaborado, onde nem tudo é inventivamente verdadeiro? Mas parece ter um preço, para todos…

***
EM TEMPO: Eis uma inesperada explicação em virtude da ignorância para explicar a queda do telhado da escola em Ribeirão do Salto: […] o telhado que desabou é uma clara amostra de como ficaram 16 anos sem cuidar do nosso querido distrito de Ribeirão do Salto, mas em qualquer que seja a situação, o Dr. tem sido presente. 


SECRETARIA E CONSELHO DE MEIO AMBIENTE, DESENVOLVE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ZONA RURAL.




                                                        
Com o objetivo de cada vez mais, mudar a forma de pensar a relação do homem com o campo, a SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE juntamente com o CODEMA (conselho municipal de meio ambiente) realiza encontro na comunidade do Jundiá, levando conhecimentos que valorizam as práticas de AGRICULTURA ECOLÓGICA e o combate ao uso indiscriminado de AGROTÓXICOS. 

A bacia do rio Jundiá, é cem por cento responsável pelo abastecimento de água da cidade Itarantim, sendo assim, preservar as nascentes e evitar o uso de Agrotóxicos é de fundamental importância, para a saúde e bem estar da população itarantiense.

Na ocasião do encontro, foram discutidas as questões mais importantes relativas ao cadastramento ambiental rural, além, de fortalecer a ideia da necessidade de preservar as nascentes do Rio Jundiá, visando a construção de um futuro promissor, na preservação dos mananciais, que abastecem de água potável a comunidade.

Esse programa será estendido para todas as regiões do município de Itarantim

Por Roberto Ataíde/ Secretaria de Meio Ambiente
Fotos Poliana Botêlho